Como criar um negócio online

Existem dezenas, centenas, ou até mesmo milhares de artigos espalhados pela internet com dicas, sugestões, e idéias sobre como criar um negócio online. Mas quantos deles não são apenas uma técnica de venda de um curso, ou algo parecido?

Objetivo

O objetivo do presente artigo é levar você em uma viagem. Ou seja, aquilo que eu pretendo é não apenas falar para você o que você poderá fazer, mas também, mostrar para você, como é que você faz na prática para ganhar dinheiro em casa, ou, caso você não queira trabalhar em casa, eu quero falar e mostrar para você, como é que você pode fazer para ganhar dinheiro na internet.

Primeiro passo: Planejamento

Não seja a maioria. Segundo a pesquisa Causa Mortis do Sebrae São Paulo, ao criar um negócio, mais da metade dos empreendedores não fez o planejamento de aspectos básicos antes do início das atividades.

Alguns dados alarmantes: 61% não procuraram ajuda de pessoas ou instituições para abertura do negócio, 55% não planejaram como o negócio funcionaria em sua ausência (durante férias, por exemplo), e, pasme, 55% não elaboraram um plano de negócios. Dificilmente seu negócio sobrevive sem esse devido planejamento.

Se torna então obrigatória, a leitura deste Artigo que o Edson Lima, Comercial com mais de 40 anos de experiência no mercado Corporativo escreveu aqui em nosso Site.

Já leu o Artigo? Bom, mas como é que nós vamos adaptar as ideias de negócios que ele escreveu para o mundo virtual? Mais importante ainda: Como fazemos na prática para ganhar dinheiro online criando negócios lucrativos?

Antes de você saber como criar um negócio online, é importante que você compreenda o que é um negócio online.

Negócio online

Podemos dizer que um negócio online é similar a um negócio tradicional, porém as atividades de divulgação, atendimento, captação de clientes e vendas acontecem totalmente na Internet.

Os modelos de negócios tradicionais tem uma característica em comum: o alto custo. Para abrir uma loja, ou mais simplesmente, abrir um ponto, você vai precisar de pagar aluguel, caso não possua o imóvel, ter estoques, investir na decoração da loja, contratar funcionários… E muitos outros custos.

Outro detalhe que é preciso analisar, é o tempo que você precisará passar em seu negócio tradicional. Pois precisará monitorar de perto, e na maioria das vezes trabalhar de domingo a domingo.

Por outro lado, em um negócio online, podemos resumir em “Grosso Modo” que você apenas precisa de um computador conectado na Internet. E depois de construir sua infra-estrutura você consegue administrar praticamente tudo pelo celular de qualquer parte do mundo.

Modelos de negócios online

Existem vários modelos de negócios online que você pode criar:

  • E-Commerce – O E-commerce ou comércio eletrônico é um dos primeiros modelos de negócios online. É basicamente uma loja online, onde você vende produtos e depois envia por um sistema de entrega.
  • Anúncios – Com o crescimento da internet surgiram as pessoas que publicam seus próprios conteúdos na internet. Os popularmente conhecidos como “blogueiros” que começaram a atrair leitores. Assim, surgiu uma oportunidade de fazer anúncios para esses leitores, e diversas plataformas de anúncios surgiram, como por exemplo o Google Adsense.
    Esse modelo é bem simples, bastando você colocar um banner da empresa de anúncios, e se alguém clicar no anúncio, você ganha o dinheiro. Assim como nós temos no final de nossos Artigos.
  • MarketplacesMarketplaces são similares a shopping virtuais, onde vários “lojistas” podem se cadastrar e vender os seus produtos. Você com certeza conhece o Mercado Livre, que é o maior Marketplace do Brasil. Outro similar é a OLX. Nessas plataformas, você pode montar um negócio online de vendas de produtos e até serviços. São similares a E-commerces, porém você não precisa ter a sua própria loja virtual.

Ou, você poderá ainda optar por meus 2 modelos de negócios online preferidos, que são eles:

  • Produtor Digital – O produtor digital é a pessoa responsável por criar um curso online ou outro tipo de material digital que possa ser comercializado online. Existem diversos formatos que podem ser explorados (Ebooks, Artigos em Blogs, Imagens, Logotipos, etc … ) e cada um possui suas particularidades. Por ser o criador, ele tem algumas atribuições específicas que devem ser levadas em conta no momento de decidir qual o melhor caminho para iniciar um negócio digital.
  • Afiliados – Os Afiliados são promotores de produtos de terceiros, a ponte que conecta o produto ao consumidor final. Essa prática é conhecida desde os primórdios da internet e profissionais como esses têm se especializado cada vez mais. Além de produtos físicos, hoje em dia é muito comum que os afiliados promovam cursos e materiais digitais, mercado que vem ganhando cada vez mais força na internet.

Ou seja, falando de forma simples, o Produtor Digital é a pessoa que faz o Produto, na maioria das vezes um Curso Online, o Afiliado é a pessoa que divulga e vende o produto em troca de uma Comissão que o Produtor paga.

Não é raro, na verdade é até habitual, o Afiliado ser ele mesmo um Produtor, ou Vice-Versa.

E-Commerce & MarketPlace

Se você quer criar uma loja virtual, ou um “Shopping”, você precisa planejar algumas particularidades especificas a este modelo de negócios.

      • Plataforma
        A plataforma é uma das primeiras e mais importantes decisões a serem tomadas por uma pessoa que deseja montar sua loja ou shopping virtual.A escolha da plataforma é importante pois ela é a base da seu negócio: tudo que você construir estará apoiado nela e, por isso, é essencial escolher uma de qualidade e que seja flexível – podendo ser alterada para suas necessidades e preferências.

        Existem dois tipos de Plataforma. Plataformas do tipo SaaS como por exemplo o Shopify ou o Mercado Livre, e as Plataformas do tipo Self Hosted como por exemplo o WordPress e/ou o Magento.

      • Pagamentos
        Receber pagamentos é, obviamente, fundamental para manter sua loja virtual operando de forma saudável. Por isso, recomendo que você dê bastante atenção à essa escolha. Existem três maneiras de você receber pagamentos online:
        1) Intermediadores de pagamentos – Exemplo: Shopify, Mercado Livre, etc …
        2) Gateways de pagamento – Exemplo: Paypal, PagSeguro, Stripe, etc …
        3) Integração direta – Exemplo: Bradesco, CEF, BB Etc …
      • Segurança
        Ao montar sua loja virtual, você deve ser preocupar com segurança por dois motivos:
        1) seus potenciais clientes se preocupam com isso;
        2) você deve proteger os dados de compra dos seus clientes.
      • Marketing
        Não basta escolher a plataforma, contratar um meio de pagamento e ter um site seguro se você não tem visitantes! Por isso, você precisa dedicar uma parte do seu tempo e dinheiro para captação de novos clientes para sua loja virtual.
      • Suporte
        Depois de trazer as primeiras visitas e vendas, você vai precisar se preocupar com o suporte desses clientes. Tanto o pré-venda quanto o pós-venda. Depois do Decreto Federal nº 7.962/2013 (Lei do E-commerce), todas as empresas que operam nesse mercado precisam oferecer suporte 24/7 para seus clientes.
      • Backoffice e ERP
        Assim que sua operação começar a ficar mais complexa, você precisará de um sistema que facilite sua operação e automatize alguns processos da sua loja virtual.
      • Logística e Frete
        A logística da sua loja virtual é muito relevante para o sucesso da mesma, pois uma experiência ruim marca fortemente o cliente e ele não voltará a comprar. Por causa disso, é ideal dedicar tempo de planejamento para escolher a forma de entrega da sua loja.
      • Legislação
        Depois da promulgação da “Lei do E-commerce“, nenhum lojista pode descuidar das regras definidas para toda loja virtual.

        Recomendo que você leia com bastante atenção as regras para evitar problemas jurídicos no futuro.

Não vou entrar em detalhes específicos sobre cada tópico por sair fora do escopo do presente artigo, mas saiba que nós damos a você todo o suporte e apoio necessário se você escolher WordPress como plataforma base para seu negócio. Com ela você poderá receber pagamentos via Paypal ou PagSeguro, é Segura, tem incontáveis ferramentas de Marketing, e você poderá cuidar do Suporte, Logística e Frete via seu BackOficce.

Anúncios

Esta é a forma mais simples que eu conheço de iniciar um negócio online. Tudo aquilo que você tem de fazer é de colocar anúncios em suas páginas ou artigos. Depois você ganhará uma comissão caso seus visitantes cliquem e comprem através do seu anúncio.

Porém, este modelo tem uma “pegadinha”. Você vai precisar ser mesmo muito bom para conseguir manter seu negócio á tona apenas com anúncios. Por isso que este é um modelo de negócios usado “Em paralelo”.

Por exemplo, nós ao final dos Artigos colocamos um Anúncio do Google Adsense, porém não baseamos o nosso Modelo apenas com isso. Se você se interessar pelo produto que o Google Adsense indica a você beleza, claro que ficaremos felizes se você comprar através de nosso anúncio, mas não fazemos disso o nosso foco, e não recomendamos a ninguém que o faça.

Um outro detalhe importante é: Por favor não abuse dos anúncios e outros afins. É muito chato para quem visita ter de clicar em 3, 4 ou mais “cruzinhas” antes de ler aquilo que foi ler. Veja abaixo um exemplo:

Eu gosto de ler o conteúdo da Camila Porto, mas será que é mesmo necessário eu ter de bloquear e clicar em 4 “Cruzinhas” antes de realmente ler o conteúdo que fui ler no blog dela?

Vamos fazer uma internet limpa! Conto com sua ajuda 🙂

Caso você queira usar os anúncios como um modelo de negócios paralelo e de apoio ao modelo de negócios principal, saiba também que nós damos a você todo o suporte e apoio necessário.

Produtor Digital & Afiliados

Como falei mais acima Produtor Digital e Afiliados são meus modelos de negócios preferidos, e, por causa disso, é onde vou passar mais tempo explicando e mostrando para você o passo-a-passo.

Como esse artigo já vai bastante longo, eu acredito que você também concordará que é melhor quebrar em diversas partes. Correto?

Desta forma acredito ser a melhor forma para que você possa assimilar tudo o que temos para falar e mostrar para você.

Seguindo essa ideia abaixo encontra a continuação do presente artigo:

  • Criação de Conteúdo;
  • Localização do cliente em potencial; (Brevemente disponível)
  • Envio de material dos serviços ou produtos; (Brevemente disponível)
  • Agendamento da reunião inicial; (Brevemente disponível)
  • Levantamento das necessidade do cliente; (Brevemente disponível)
  • Estudo das alternativas a serem apresentadas ao cliente; (Brevemente disponível)
  • Prova de Conceito; (Brevemente disponível)
  • Preparação da Proposta técnica/comercial; (Brevemente disponível)
  • Apresentação da Proposta; (Brevemente disponível)
  • Fechamento do Negócio. (Brevemente disponível)

Caso se interesse, e queira de fato aprender na prática como se faz para ganhar dinheiro online, não esqueça de marcar esse artigo em seus favoritos e continuar a leitura.

Um grande abraço e até já 😉

  • Meus Artigos Mais Recentes
Desenvolvedor Hybrido (PHP/Python & Asterisk) Full-Stack

Sou um Auto-Didata da Old School mIRC e BBS.

Fã do Matrix e de tudo o que esteja relacionado a Astronomia e Fisica Quântica.

Desde os 8 anos que trabalho com computadores. Sim. Ficar aguardando o ZX Spectrum carregar e ficar lendo os Manuais do MS-DOS e BASIC para aprender a fazer linhas coloridas na TV deu trabalho!

Gostou do artigo?

Deixe seu comentário abaixo: