Criação de Conteúdo

Bem se engana quem pensa que a criação de conteúdo se restringe à produção de textos ou imagens. A criação de conteúdo é uma tarefa mais abrangente e complexa. Conteúdo pode – e deve – ser entendido como um emaranhado de dados que necessariamente passará por um filtro até chegar ao seu destinatário.

Objetivo

O presente artigo é a continuação do artigo “Como criar um negócio online“(Leia primeiro antes de continuar a leitura), e tem como objetivo principal mostrar para você como é que você pode (e “deve”) criar seu conteúdo, com ênfase no conteúdo na forma de texto para negócios online.

Fonte da imagem: Wix PT

O que é conteúdo?

Para minha surpresa, segundo o Google milhares de pessoas não sabem o que é conteúdo. Confira o print abaixo do planejador de palavras chave do Google:

Fonte: Print Screen do planejador de palavras chave do Google

Em média, entre 1.000 e 10.000 pessoas perguntam ao Google todo o mês o que é conteúdo. Portanto antes de mostrar e falar para você “O Como”, eu tenho de falar para você “O que é”.

Conteúdo é muito mais do que palavras, é todo tipo de informação. Podemos resumir definindo que: conteúdo é informação.

Ou seja, eu concordo e vou de encontro ao que Louis Rosenfeld e Peter Morville escreveram em seu livro ” Information Architecture for the World Wide Web (O’Reilly, 1998) “, pioneiros de primeira hora da arquitetura da informação, que defendem a tese de que conteúdo é informação, e por isso, nem sempre precisa ser apresentada necessariamente sob a forma de um texto.

O conceito de content chunks, ou, numa tradução literal, blocos de conteúdo, “reza” que um documento pode ser dividido em vários blocos para facilitar a leitura e evitar excesso de informação em um único ponto do site.

Portanto, diante de um mundo cada vez mais conectado como é o nosso, o que fará a diferença já não é o sobre o que se fala, mas como se fala.

Ou seja, falando de forma simples, quando você tem uma dor e comenta com algum familiar, você o faz de uma forma. No entanto, quando você vai no médico, você se dirige a ele de toda outra forma completamente diferente. O sobre (a dor) é a mesma, mas o como você fala é diferente.

Portanto, podemos perfeitamente chegar á conclusão que ao contrário do que você possa imaginar:

  • Sempre que você quiser criar conteúdo, seu foco deverá estar em “Para quem você vai escrever”, e não no “Sobre o que você vai escrever”.

Como criar um negócio online: Segundo passo: Como criar conteúdo

Para criar bons conteúdos, é preciso considerar alguns fatores que são indissociáveis:

  1. Qual é o objetivo da comunicação?
    Saber o que se pretende com o conteúdo – se engajar, informar ou divertir – é essencial para que ele seja dimensionado e conduzido da maneira correta;
  2. Por que escrever/criar?
    Este fator é diretamente ligado ao primeiro, isso porque é preciso ter um porquê, um motivo envolvido na criação;
  3. Para que serve?
    O que eles, os(as) leitores(as), farão com a sua informação?
    Os leitores “ganharão” o que com sua publicação? Irão se divertir? Conhecer mais sobre determinado assunto? É um aspecto novo sobre um assunto já de conhecimento comum?

Lembre-se de que as pessoas são seres sociáveis e que para apreciar e, principalmente, compartilhar seu conteúdo é preciso que ele o toque de alguma maneira. Em resumo, que ele contribua para a imagem que o leitor tem de você, ou que você quer transmitir.

Como criar conteúdo na prática

Já vimos então que o importante não é sobre o que vai escrever, e sim o como. Então, para começar, nada melhor que criar seu primeiro conteúdo, definindo para quem você vai falar.

No jargão “internetês” técnico, essa pessoa para quem você vai falar se chama de “personna”. Ou seja, voltando ao meu exemplo mais acima, você vai definir se sua personna é um familiar, ou o seu médico.

Primeira Etapa: Como redigir

Existem milhares de artigos na internet a falar mais sobre o que é a personna, então vou pular essa etapa e de uma forma bem interativa e prática, sugerir a você que abra seu bloco de notas, word, ou nos comentários abaixo, e comece por escrever um título. Por exemplo: “Quem é minha Personna”

Depois você continua com:

” Minha Personna se chama …., tem … anos, sexo …., trabalha com …., recebe …. por mês, reside em ….”

Acredito que entendeu a ideia, porém eu vou exemplificar para você falando para você qual é minha personna:

A minha personna se chama João, tem entre 30 e 60 anos, casado, com um salário de classe média de 3 até 8.000 Reais. Ele tem dificuldade para fechar o mês, mas compra por impulso.

O produto não precisa ser perfeito, mas precisa ter qualidade.

Ele odeia ser enganado. Comprar para depois aprender que tudo não passou de um truque ou técnica o corrói por dentro. Por isso ele olha para cada detalhe antes de comprar.

Ele é uma mistura de sonhador com intelectual, mas não é nenhum dos dois.

Ele adora pesquisar sobre os assuntos que interessam a ele. O preço para ele não é importante. Mas o detalhe …

Ele gosta de ler, assistir vídeos, e estar informado de uma forma geral. Ele não tem um foco certo.

Minha personna é médico garimpando em sua carreira, ele é um médico generalista com muita vontade de ser um Especialista. No entanto, ele sabe que gosta muito de muito assunto. E como não pode ser perfeito em tudo, ele optou por querer saber mais sobre mais coisas, ao invés de que saber tudo sobre determinado assunto.

Claro que é apenas um exemplo, e você deverá incluir o máximo de detalhes sobre a sua personna. Eu não tenho como saber qual é o produto que você quer vender e escrever sobre. Portanto adapte para seu caso pessoal.

Segunda etapa: Temos potenciais leitores (futuros clientes)?

Para sabermos se temos potenciais leitores/futuros clientes temos de fazer um aprofundamento de nossa personna, e fazer um trabalho de pesquisa e lógica mental.

  1. O que quero vender?
    Eu quero vender um curso online sobre “como criar um negócio online”
    ( E você quer vender o quê? Repetindo: Adapte para seu caso pessoal)
  2. Para quem?
    Um médico
    ( E você ? )
  3. Em que contexto um médico pesquisaria por “como criar um negócio online” ?
    Hmmm. Como criar um consultório online?!
    ( E você como está indo ? )

O negócio não se apresenta muito bom para meu lado. E para o seu?
Mas eu estou fazendo propositalmente. Nem sempre aquilo que pensamos é uma boa ideia.

Mas vamos confirmar o que nos fala o Google:

Fonte: Print Screen do planejador de palavras chave do Google

Como previsto, de zero a 10 médicos em média por mês pesquisam por Como criar um consultório online. Antes de continuarmos com nosso exercício uma curiosidade que quero perguntar para você prezados leitor(a):

Quantos milhares de Empreendedores não estarão na Ilusão, por não terem feito este pequeno exercício e estão nessa situação? Para refletir apenas …

Agora que sabemos que não vamos ter muito sucesso, nos resta duas alternativas:

  1. Trocar nosso produto
  2. Trocar/alterar de personna

Poderá ainda existir outras opções, por exemplo, você poderá mesmo querer tentar a sorte e ter um público bem restrito. No entanto, eu tenho 45 anos, casado, contas para pagar, cabeças para alimentar, portanto não posso me dar dar ao “luxo” de brincar esses “joguinhos”, e acredito que você também não pode.

Portanto vamos nos ater ao nosso plano inicial.

Se você estiver neste caso terá de tomar sua primeira decisão. Ou troca seu produto. ou troca seu potencial cliente (personna).

No meu caso, e para exemplificar eu vou alterar minha personna. Continua sendo o mesmo médico, porém, com um algo mais. Vejamos como podemos melhorar:

A minha personna nutre desde sua adolescência uma paixão por selos. Na verdade, ele coleciona selos desde seus 10 anos. Uma paixão que tomou de seu pai.

Entre seus 14 e 19 anos eles não perdia uma feira de filatelia. Conseguiu até juntar uma boa coleção de selos.

No entanto o tempo tomado pelos estudos de medicina o obrigaram a colocar na prateleira essa paixão. E agora que ele está um pouco mais estável financeiramente, ele gostaria de pegar novamente e, se possivel criar um site/blog onde ele pudesse trocar experiencias/eventos com outros filatelistas.

Ele gostaria até de vender alguns selos para poder comprar um selo bem raro que ele encontrou.

Está melhorando não? Me parece que agora sim, estou conseguindo criar as condições necessárias para conseguir vender meu produto para o meu médico concorda?

E você precisou de arrumar sua personna? Está com dificuldades? Deixe seu comentário abaixo!

Agora vamos ter de fazer mais um trabalho mental. Desta vez nos vamos colocar na pele de nosso cliente em potencial ( nossa personna ), e vamos fazer um trabalho de pesquisa como ele faria.

No meu caso, o meu médico é alguém inteligente, e sabe que tem de fazer o nosso exercício acima. Mas será que ele tem potenciais clientes?

Será que eu vou poder transmitir segurança ao meu médico que quer recomeçar com sua paixão de selos? Vejamos o que nos diz o Google:

De fato parece que vamos poder transmitir segurança ao nosso médico. Segundo o Google, mais de 100.000 pessoas pesquisam mensalmente por “Coleção de Selos, Filatelia, e/ou Selos Antigos“.

Se nosso médico tem potenciais clientes, nós de nosso lado também podemos estar tranquilos que conseguiremos fechar negócio com ele.

Após todo este trabalho nos resta apenas uma coisa: Encontrar nossa Personna! Que no meu caso é Médico colecionador de selos, querendo criar um site para troca de experiencias, e venda de selos online. Mas isso ficará para o próximo artigo.

Conclusão

Bom, acredito que consegui explicar o que é conteúdo, e também consegui explicar na prática como você faz para criar conteúdo.

No entanto eu não queria terminar sem uma pequena nota pessoal.

Seu leitor está enjoado e cansado de anúncios interruptivos. Ele quer algo mais valioso, rico e prático. É preciso criar conteúdo com informação digerível, seja ele apresentado sob a forma de um artigo como esse que você está lendo, um blog, um infográfico, vídeo,  podcasts, planilhas do excell, relatórios curtos, ou até mesmo memes.

Repeite sempre seu leitor.

Me ajude a tornar a internet um local mais limpo e útil para todos. Conto com sua ajuda!

Espero que tenha sido de seu agrado, e o convido a continuar a leitura e assim aprender de uma forma prática como se faz para Criar um Negócio Online.

Segue abaixo toda a sequencia do presente artigo:

  • Como criar um negócio online: Primeiro passo: Planejamento;
  • Criação de Conteúdo: Segundo passo [Este Artigo];
  • Localização do cliente em potencial: Terceiro Passo; (Brevemente disponível)
  • Envio de material dos serviços ou produtos; (Brevemente disponível)
  • Agendamento da reunião inicial; (Brevemente disponível)
  • Levantamento das necessidade do cliente; (Brevemente disponível)
  • Estudo das alternativas a serem apresentadas ao cliente;  (Brevemente disponível)
  • Prova de Conceito;  (Brevemente disponível)
  • Preparação da Proposta técnica/comercial;  (Brevemente disponível)
  • Apresentação da Proposta;  (Brevemente disponível)
  • Fechamento do Negócio.  (Brevemente disponível)

  • Meus Artigos Mais Recentes
Desenvolvedor Hybrido (PHP/Python & Asterisk) Full-Stack

Sou um Auto-Didata da Old School mIRC e BBS.

Fã do Matrix e de tudo o que esteja relacionado a Astronomia e Fisica Quântica.

Gostou do artigo?

Deixe seu comentário abaixo: